Como fazer negócios com Realidade Virtual

por | Ideias de Negócios

O lançamento do Facebook Spaces explodiu o mercado de Realidade Virtual. Conheça algumas aplicações da tecnologia em:  entretenimento, games, medicina, turismo e mercado imobiliário.

 

Olá Empreendedores de Sucesso, hoje no #diretoaoPonto falaremos sobre realidade virtual e como alguns empresários estão gerando novos negócios no Brasil e no mundo.

A tecnologia tem sido muito noticiada desde o ano passado, principalmente, após o lançamento do Facebook Spaces (nova rede social de Mark Zuckerber).

Depois do lançamento, o mercado que já estava em franco crescimento com valor estimado de 5,2 bilhões de dólares, literalmente bombou, e começou a atrair olhares de diversos segmentos, com perspectivas de alcançar 160 bilhões de dólares nos próximos 4 anos.

Mas afinal, você sabe o que é Realidade Virtual?

Apesar do mercado tratar como novidade, a tecnologia surgiu no século passado, em 1962 nos Estados Unidos, a partir de uma aplicação denominada Sketchpad.

Realidade virtual possui diversas definições, mas a que representa mais claramente o seu conceito é:

Uma tecnologia de interface avançada entre um usuário e um sistema operacional com o objetivo de recriar ao máximo a sensação de realidade em tempo real para um indivíduo.

O que mudou recentemente, foi que com a sua evolução, a tecnologia passou a ficar mais acessível e permitiu a criação de mais oportunidades de utilização.

Óculos Rift e o lançamento do Facebook Spaces

Mark Zuckerberg comprou a fabricante de óculos vr Rift por 2 bilhões de dólares em 2014, dando indícios de qual seria sua aposta para o futuro da empresa.

O Facebook entendia que a popularização dos óculos era essencial para a democratização da tecnologia.

O grande passo então foi dado em abril de 2017 com o lançamento do Facebook Spaces: uma nova rede social onde o usuário é inserido em um ambiente totalmente interativo.

facebook-spaces

O projeto ainda está na versão Beta, mas amparados pelas previsões de comercialização de mais de 100 mil óculos de realidade virtual em 2017, essa nova rede social tem tudo para ser um grande sucesso.

PS4 e os óculos VR

A Sony entrou no mercado de realidade virtual com o laçamento do Playstation VR em 2016, e em menos de 6 meses, viu seu produto se tornar um exemplo de popularização da tecnologia com mais 915 mil unidades vendidas.

O Playstation VR é um kit de acessórios para o consagrado PS4 composto por: câmera, óculos e controles desenvolvidos especialmente para aproveitar o melhor dos jogos em realidade virtual.

O sucesso do console ainda representa grande parte do mercado de realidade virtual no mundo e segundo o instituto de pesquisas STATISTA as vendas chegarão à 4,5 bilhões de dólares em 2018.

O2 Filmes: Produtora de conteúdo com mais de 60 milhões de visualizações

A O2 Filmes é a produtora do cineasta Fernando Meireles, mundialmente conhecido pelo filme Cidade de Deus de 2003.

A empresa filmou em 2015 o clipe “O Farol” de Ivete Sangalo em 360 graus, alcançando a marca de 18 milhões de visualizações no Youtube em apenas 2 meses.

A grande audiência do projeto mostrou a oportunidade que os conteúdos de realidade virtual podiam gerar, e desde então, a O2 criou um departamento, liderado por Ricardo Aganaro, totalmente dedicado a criação de conteúdo com a tecnologia.

Estudos mostram que em 2020 as produções audio visuais em realidade virtual devem faturar 750 milhões de dólares,  e que em 2025 podem alcançar 3,2 bilhões.

realidade-vitual-oculos

A construtora e incorporadora que usa a realidade virtual para mostrar o resultado final de prédios ainda em obras

A Cyrela Construtora e Incorporadora, vem desde novembro de 2015, divulgando e mostrando alguns dos seus novos empreendimentos através da criação de perspectivas utilizando óculos de realidade virtual.

A empresa contratou uma desenvolvedora de software para criar um aplicativo de celular, onde com a ajuda dos óculos vr, o cliente conhece em detalhes o novo lançamento sem a necessidade de maquetes, decoradores e diversos outros elementos de um ambiente decorado.

A experiência vem sendo muito positiva e com investimento de menos de 80 mil reais por empreendimento, vem conseguindo não só uma grande experiencia na interação com o cliente como também uma economia de 80% relativos aos custos de lançamento tradicionais.

Outro ponto fundamental, é a possibilidade de levar a divulgação do produto onde o cliente estiver, aumentando consideravelmente a conversão das vendas.

O hospital que investiu 150 mil reais na tecnologia para tratamento de problemas de equilíbrio e locomoção

O Hospital Sírio Libanês, foi o pioneiro ao importar em 2012 um equipamento com realidade virtual para tratamento de pacientes com problemas de equilíbrio e locomoção.

O médico otoneurologista, Fernando Ganança, explica que o grande diferencial do equipamento é que o paciente imerge nessa realidade abstrata.

Outro benefício, é a possibilidade de ajustar o tipo, a frequência e a intensidade dos estímulos de acordo com cada caso.

Os resultados precoces e mais efetivos com a reabilitação de casos crônicos; venceram a resistência de pacientes mais céticos. A agenda esta cada vez mais ocupada e a procura tem sido crescente.

O setor de otorrino e laringologia foi o primeiro a se beneficiar da tecnologia mas existe a possibilidade de que seja, em breve, expandida para outras especialidades.

O desenvolvimento de softwares que atendam a demanda do setor de saúde pode ser uma grande oportunidade negócio.

A previsão é de que a receita mundial das vendas de software de realidade virtual seja de 2,57 bilhões de dólares em 2017.

Startup de Curitiba que recebeu 2 milhões de dólares para produção de óculos e cresceu 1000 % em dois anos

beenoculus

Fonte: www.beenoculus.com

A Bee Noculus ocupa o segundo lugar do ranking “100 open startups Brasil 2017”, e recebeu o investimento para viabilizar o desenvolvimento e produção de óculos de realidade virtual.

O fundador José Terrabuio Junior conta que foi até o polo industrial na China para conhecer mais afundo as principais soluções e assim poder empregar no seu negócio.

O valor médio de um óculos vr no mercado nacional está entre 3 e 10 mil reais, no entanto, Junior acredita que seu produto será lançado num cenário diferente, onde os movimentos tendem a redução significativa para que todas as pessoas tenham acesso ao equipamento.

Além dos óculos, a Bee Noculus aposta na produção de conteúdo e tem planos ambiciosos para o futuro.

A empresa veio do zero e cresceu 1000 %. A expectativa é de dobrar o faturamento em 2017.

Agência de Turismo de Nova York que oferece visitas virtuais na venda de pacotes de viagens

Dúvida para onde ir nas suas férias?

Gostaria de visitar alguns lugares por pelo menos alguns minutos antes de decidir?

viagens-realidade-virtual

Esta é a proposta da You Visit, produtora de conteúdo e marketing em realidade virtual.

A rede Renaissance foi um dos clientes que apostou na ideia da empresa, e hoje conta com um serviço, onde seu consumidor pode visitar virtualmente alguns de seus hotéis e conhecer em detalhes a sua estrutura.

Uma experiência incrível que leva o engajamento à um outro nível.

A diretora de vendas e marketing da rede, Dianne Pierre, acredita que a experiência VR vai aumentar potencialmente as vendas do grupo.

O foco da You Visit, além do ramo de turismo, é o desenvolvimento de conteúdo de divulgação para outros segmentos.

E um dos projetos no ramo da educação, a solução ajuda universidades à apresentar  suas instalações para estudantes internacionais que possivelmente não iriam pessoalmente até o campus.

Em Resumo

A realidade virtual veio para ficar e é só questão de tempo para que a tecnologia se popularize em todo mundo.

Conhecemos um pouco de como empreendedores estão utilizando a tecnologia em seus negócios de sucesso.

Entretenimento, games, mercado imobiliário, medicina, turismo….

O conteúdo de realidade virtual logo estará presente em boa parte dos segmentos do mercado.

Se Inspire, Surpreenda, Inove no seu nicho!!!

Este foi #diretoaoPonto com muita informação e inspiração para o Empreendedor de Sucesso.

Confira mais sobre empreendedorismo e se inspire por nossas ideias de negócios.

Porque não aproveitamos essas informações para aplicar em nossos Negócios de Sucesso?

 

Fonte: Mundo S/A – Globo News